São Paulo: +55 (11) 3284.8474   Demais Regiões: 4020.9737
SOLICITE UMA PROPOSTA

O que é uma lista Opt In de verdade?

16
Aug
0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 LinkedIn 0 0 Flares ×

Imagem: Getty Images

SÉRIE ESPECIAL: GERENCIAMENTO DE LISTAS DE CONTATOS – PARTE 1

Infelizmente, ainda existem pessoas que acreditam que comprar uma lista de contatos é uma boa opção para começar, ou aumentar, uma base de e-mail marketing. Continuamos encontrando ofertas de listas com milhares de contatos Opt-in a preços irrisórios, mas qual o significado de opt-in nesse caso?

Pense bem, quando você escolhe receber mensagens de uma determinada empresa é porque está interessada no que ela oferece. Se, de repente, essa empresa passa o seu e-mail adiante e você começa a receber mensagens de empresas diferentes daquela que você se cadastrou, com um conteúdo que não interessa em nada pra você? No mínimo você ficaria irritado e sentiria sua privacidade invadida.

Agora se ponha novamente no lugar do profissional de email marketing. Você acha que seu cliente vai ficar feliz ao receber e-mails que nunca pediu pra receber? Não importa se ele se cadastrou em um parceiro seu. Se ele fez isso é porque quer receber os emails do seu parceiro, não os seus. São opt-in apenas para eles.

A maioria dessas listas vendidas é formada à partir de programas extratores de email, que vasculham sites e sistemas capturando de forma aleatória emails cadastrados. Sabendo disso, fica fácil imaginar a quantidade de lixo que vem no meio. Spam Traps, e-mails inválidos e inativos são os mais comuns. Veja o que é e como cada um pode afetar suas ações:

  • Spam Traps: são e-mails criados com o intuito de identificar spammers, inseridos de forma oculta em sites e na web como um todo para que os programas extratores de e-mail os incluam em listas que serão posteriormente comercializadas. Quando você envia uma mensagem para um spam trap, o servidor de origem é bloqueado automaticamente, impedindo outros envios, mesmo que válidos em alguns casos.
  • E-mails inválidos: são e-mails inexistentes, muitas vezes criados de forma aleatória para aumentar o tamanho da lista como por exemplo: cliqueaqui@gmail.com, ou aaa@hotmail.com, ou 123@yahoo.com. Existem ainda e-mails inválidos por erro de digitação, de qualquer forma, ao tê-los em sua lista, você estará gastando dinheiro à toa, enviando para endereços que não existem.
  • E-mails inativos: quando o usuário para de utilizar um serviço de e-mail, ele é cancelado automaticamente depois de um tempo. Os provedores, no entanto, continuam monitorando essas contas canceladas e as transformam em spamcopy, ou seja, os emails que chegam em contas inativas por muito tempo são identificadas como spam, já que, teoricamente, se um cliente mudou de e-mail, vai mudar o cadastro nas empresas em que é opt-in. Quando você envia emails para usuários inativos, além de não conseguir falar com o usuário, corre o risco de ser classificado como spam.

Estes são apenas três dos vários problemas que você pode ter ao comprar uma lista, além do fato de você estar falando com quem não quer ouvir. Existem outras formas de construir uma lista de forma saudável e realmente opt-in.

Não se apresse e construa sua lista com calma. Mesmo que leve um tempo maior, os seus resultados de e-mail marketing serão muito melhores.

Leia também:

Curta a Akna no facebook

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 LinkedIn 0 0 Flares ×