São Paulo: +55 (11) 3284.8474   Demais Regiões: 4020.9737
SOLICITE UMA PROPOSTA

O que não colocar no seu e-mail marketing

O que não colocar no seu e-mail marketing
11
Feb
40 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 3 LinkedIn 37 40 Flares ×

O e-mail marketing é uma das formas mais eficientes para fidelizar clientes e gerar conversões. Como muito se fala, o poder está na lista. E já sabendo do enorme poder que o e-mail marketing possui, muitas marcas não dispensam a criação de uma sólida base de contatos, mas será que elas mantém uma boa relação com o mailing? É importante estar em constante contato, além de oferecer conteúdo interessante.

Você sabe como resguardar-se no seu e-mail marketing? Confira as dicas a seguir do que se deve evitar na relação com sua lista de contatos e como contornar estes problemas.

  • Enviar mensagens não autorizadas;
  • Envio frequente de mensagens;
  • Enviar poucas mensagens;
  • Enviar apenas promoções/ cupons de desconto;
  • Dificultar o descadastro;
  • Mensagem longa demais;
  • Não mensurar resultados;
  • Não fazer testes A/B;
  • Contatos na mesma lista de interesse.

Enviar mensagens não autorizadas

Também conhecido como spam, é uma prática, infelizmente muito comum, mas pouco efetiva. Ninguém gosta de receber mensagens por e-mail que não foram solicitadas, é invasivo e desconfortável. Não compre listas de e-mail. Se ainda não possui uma base de contatos, crie uma do zero e com honestidade, oferecendo conteúdo de qualidade e buscando solucionar problemas reais, de pessoas que de fato se interessam pela sua marca.

Envio frequente de mensagens

Tão ruim quanto spam, é enviar mensagens com muita frequência para os contatos. Fazer disparos recorrentes poderá fazer com que as pessoas se irritem e com o tempo passem a ignorar suas mensagens, fazendo com que elas sejam classificadas como lixo eletrônico.

Enviar poucas mensagens

Ao contrário do item anterior, passar longos períodos sem contato com a lista de e-mails pode fazer sua marca cair no esquecimento. Não deixe que isso aconteça, planeje com antecedência suas mensagens e as programe para datas especiais, inclusive.

Enviar apenas promoções/cupons de desconto

Hoje em dia, os clientes estão interessados no que as empresas têm a dizer e isso deve ir além de promoções. Bater constantemente na mesma tecla para que o cliente aproveite o desconto é muito forçado e faz com que as pessoas percebam que a marca só está interessada em vender. As marcas devem ir além dessa premissa e agregar valor.

Dificultar o descadastro

Em todos os e-mails que enviar, coloque um link para que o destinatário possa sair de sua lista quando quiser. Para quê ter na lista de contatos uma pessoa que não quer receber mais seus e-mails? Evite dores de cabeça de ambos os lados e coloque ao final na mensagem um link exclusivamente para este fim.

Mensagem longa demais

E-mails não foram feitos para passar longas mensagens. A leitura no computador cansa mais rápido a vista, além do fato das pessoas não terem paciência para perder muito tempo com uma única coisa. Por isso na internet tudo é mais rápido. Ao escrever uma mensagem, seja o mais sucinto possível e caso precise se estender um pouco mais, crie tópicos.

Não mesurar resultados

De nada adianta investir em design, bons títulos e textos persuasivos se você não medir os resultados. É importante saber quantas pessoas abrem seus e-mails e quantos cliques são obtidos. Com informações como estas é possível saber o que funciona e o que precisa ser melhorado para conseguir resultados.

Não fazer testes A/B

Fazer testes são importantes e isso se torna ainda mais relevante quando se trata de interagir com a lista de e-mails. Com testes é possível saber a qual tipo de título e mensagem a lista reage melhor.

Contatos na mesma lista de interesse

Pessoas se interessam por coisas diferentes e se você trabalha com mais de um nicho ou vários sub nichos será comum que o grupo A da sua lista de contatos se interesse por determinado produto e o grupo B se interesse por outro.

Fazer a segmentação do mercado em que você atua é importante para gerar mais conversões e fidelizar mais clientes, oferecendo aquilo em que de fato estão interessados.

Agora que você já sabe o que é preciso evitar no seu e-mail marketing, está preparado para programar e mandar e-mails de forma mais eficiente? Compartilhe conosco então suas experiências!

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

40 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 3 LinkedIn 37 40 Flares ×