São Paulo: +55 (11) 3284.8474   Demais Regiões: 4020.9737
SOLICITE UMA PROPOSTA

Como a frequência de envios pode afetar sua campanha de e-mail marketing

7
Mar
0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 LinkedIn 0 0 Flares ×
Imagem: Getty Images

Imagem: Getty Images

Planejar a frequência dos seus envios é algo fundamental para realizar uma ação de e-mail marketing de sucesso. Ela pode afetar tanto no comportamento de seus contatos em relação às suas mensagens quanto na avaliação dos provedores de e-mail no momento de julgar se você é ou não um spammer. Para definir a melhor frequência é preciso avaliar cada um desses públicos e descobrir como eles reagem ao volume de e-mails que você dispara.

Um fato que todo profissional de marketing deve ficar atento é se o consumidor está disposto a receber a quantidade de e-mails que sua empresa envia. Lembre-se que não são somente suas mensagens que chegam à caixa de entrada do destinatário e que você divide a atenção com muitos outros e-mails, o que pode aumentar as chances de você ganhar um opt- out ou ainda ser reportado como spam.

Você pode planejar a sua frequência a partir dos seguintes passos:

1- Alinhe as expectativas do contato aos seus envios

Questione o destinatário sobre a disposição para receber os e-mails de sua empresa, você pode fazer isso durante o cadastro ou pesquisa posterior. Use o primeiro e-mail de contato ou confirmação, para informar a frequência dos envios, deixando claro quantas mensagens ele receberá de sua empresa e alinhando as expectativas dele.

2- A frequência deve estar alinhada ao seu negócio

Considere as características do seu negocio para avaliar se a frequência de envios será relevante para o contato. Dependendo do período de recompra, da renovação de ofertas e da variedade das mesmas, vale a pena ou não aumentar a assiduidade, se você por exemplo, renova suas ofertas a cada mês, não faz muito sentido enviar o mesmo e-mail toda semana, com o mesmo conteúdo.

3- Avalie constantemente suas métricas para adequar a frequência

Caso sua base de contatos pare de abrir suas mensagens e clicar nos seus links ou o número de pedidos de opt out e queixas de spam aumentar, pode ser um indício de que seus contatos não estão satisfeitos com a frequência que recebem seus e-mails Lembre-se que esses resultados podem significar também outros erros, mas a frequência possui grande influência no seu desempenho.

4- Planeje a mudança da sua frequência

A sua conduta é avaliada pelos destinatários e pelos provedores de e-mail. Quando uma empresa muda seu comportamento habitual e passa a enviar com mais frequência repentinamente os provedores podem ver isso como um ataque spammer além de gerar desconforto para sua base, que já estava habituada com a frequência antiga. O ideal é realizar a mudança de maneira gradativa, até chegar à quantidade desejada de disparos, assim você não desperta a atenção das ferramentas anti-spam e diminui as chances de você ter a sua reputação comprometida.

Agora cabe a você planejar a sua frequência da maneira que mais convém com as exigências dos provedores de e-mail, do destinatário e do seu negócio. Realize disparos somente quando eles forem relevantes e fique sempre atento aos seus relatórios para identificar qualquer problema, pois a definição da frequência pode ser fator chave no sucesso de sua ação de e-mail marketing

Leia Também:

Curta a Akna no facebook

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 LinkedIn 0 0 Flares ×