São Paulo: +55 (11) 3284.8474   Demais Regiões: 4020.9737
SOLICITE UMA PROPOSTA

06 coisas que os clientes detestam no e-mail marketing

06 coisas que os clientes detestam no e-mail marketing
9
Sep
33 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 2 LinkedIn 31 33 Flares ×

Uma das ferramentas mais utilizadas por pequenas e grandes empresas é o e-mail marketing. Muitos empreendedores o utilizam como uma das principais estratégias de comunicação para atrair novos consumidores e consolidar os já existentes.

É preciso ter planejamento e objetivo para que seu e-mail marketing alcance o resultado esperado. Alguns erros cruciais podem acabar atrapalhando sua abordagem. Para que isso não aconteça, separamos uma lista de itens que podem comprometer sua comunicação com o cliente.

  • Erros de português e linguagem
  • Mensagens apenas referentes a vendas de produtos
  • E-mails com vários destinatários
  • Conteúdo confuso
  • Frequência exagerada de e-mails
  • Falta de interação com o leitor

1 – Erros de português e linguagem

Ninguém gosta de e-mails com erros de português, principalmente vindo de pessoas jurídicas. Um erro de português pode diminuir a credibilidade da empresa com seu público. Outro ponto é a linguagem: um tom coloquial às vezes cai bem, dependendo das suas intenções e do público alvo. Outras vezes, será preciso ser mais formal. Cuidado com uso de muitos termos técnicos, que podem ser desconhecidos pelo leitor. Estude seu público-alvo para saber a melhor forma de abordagem e se atente para erros antes de enviar sua mensagem aos destinatários.

2 – Mensagens apenas referentes a vendas de produtos

Talvez alguns empreendedores não saibam disso, mas clientes se sentem incomodados quando recebem apenas e-mails referentes à venda de produtos e serviços. A comunicação com o consumidor deve ser feita de forma gradual; abordagens diretas podem passar a imagem de uma empresa que tem apenas interesses comerciais e não uma consolidação mais íntima com o consumidor.

Uma dica é explorar outros assuntos, como dicas referentes ao seu segmento. Por exemplo, uma academia pode enviar dicas aos seus leitores de uma vida mais saudável, e-mails em datas comemorativas e outros. Entre eles, é possível indicar um produto ou serviço. Basta tomar cuidado para não fazer dessa ferramenta apenas um meio de vendas. O cliente se sentirá mais interessado em abrir seus e-mails, uma vez que ele sabe que seus assuntos são diversificados.

3 – E-mails com vários destinatários

Clientes gostam de se sentir exclusivos. Ao ver que o e-mail enviado a ele foi repassado para mais de 100 pessoas, isso pode comprometer a eficácia da sua proposta com a mensagem. O ideal é mandar como cópia oculta para outros e-mails, e utilizar o nome do cliente, sempre que possível, para reforçar que aquela mensagem foi direcionada totalmente a ele.

4 – Conteúdo confuso

Uma mensagem com excesso de informações ou má distribuição do conteúdo, como fotos e textos, pode deixar seu cliente confuso e desinteressado no que você tem a dizer. Contrate um designer para cuidar da sua diagramação e um redator para deixar seu texto objetivo e eficiente. Não é preciso passar todas as informações de uma vez só; seja claro, objetivo e conduza o cliente para um link como seu site ou sua página no Facebook, onde ele terá as informações completas. Essa também é uma boa estratégia para levá-lo aos seus outros espaços digitais.

5 – Frequência exagerada de e-mails

Estude qual é o melhor horário para abordar seu cliente. Não dê “tiro no escuro”, como enviar várias mensagens ao longo do dia. Isso irrita o consumidor que não quer ver sua caixa de entrada inundada com e-mails do mesmo remetente. Saiba quando seu cliente costuma acessar seu e-mail, faça uma pesquisa de observação do comportamento dele e tenha os melhores resultados.

6 – Falta de interação com o leitor

O pior erro de uma mensagem pode ser a falta de interação com o leitor. Sabe quando a mensagem parece que foi enviada de uma secretária eletrônica? Faça o leitor participar do seu texto e insira botões de call to action, que são as chamadas para uma ação do consumidor. Isso aumenta em muito as chances de conversão do seu e-mail.

Esteja sempre ligado e tenha mais sucesso e credibilidade com seu consumidor. Gostou das nossas dicas? Agora é hora de aplicar!

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

33 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 2 LinkedIn 31 33 Flares ×